União Africana

A visão da União Africana aquela de: “Uma África integrada, próspera e pacífica, impulsionada por seus próprios cidadãos e representando uma força dinâmica na arena global." Esta visão de uma África nova, progressista, dinâmica e integrada será totalmente realizada através da luta incansável em várias frentes e como um esforço a longo prazo. A União Africana mudou o foco de apoiar movimentos de libertação dos territórios africanos outrora sob o colonialismo e o apartheid, tal como previsto pela OUA [Organização da Unidade Africana] desde 1963 e do Ato Constitutivo, para uma organização para liderar o desenvolvimento e integração da Africa.

Departamento de Assuntos Sociais

O Departamento de Assuntos Sociais trabalha para promover o trabalho da União Africana, desenvolvimento social e agenda cultural. Seus papéis principais incluem: o fornecimento de apoio para a implementação das políticas dos Estados-Membros sobre o trabalho, população, saúde e migrações; desenvolvimento de programas e estratégias de controle de drogas e outras questões; e promovendo instrumentos da União Africana para o avanço da agenda social e de solidariedade. O Departamento tem cinco divisões: Saúde, Nutrição e População; HIV / AIDS, a malária, a tuberculose e outras doenças infecciosas; Trabalho, Emprego e Migração; Bem-Estar Social, Grupos Vulneráveis e Controle de Drogas; e Cultura e Esporte. Ela também hospeda o Secretariado do Comité Africano de Peritos sobre os Direitos e Bem-Estar da Criança (ACERWC).

Os objetivos da União Africana

  • Alcançar uma maior unidade e solidariedade entre os países africanos e os povos da África
  • Defender a soberania, integridade territorial e independência dos seus Estados-Membros
  • Acelerar a integração política e socioeconômica do continente
  • Promover e defender posições africanas comuns sobre questões de interesse para o continente e seus povos
  • Incentivar a cooperação internacional, tendo devidamente em conta o Estatuto das Nações Unidas e a Declaração Universal dos Direitos Humanos
  • Promover a paz, a segurança e a estabilidade no continente
  • Promover os princípios democráticos e instituições, a participação popular e boa governança
  • Promover e proteger os direitos humanos e de pessoas em conformidade com o Estatuto Africano sobre os Direitos Humanos e Direitos dos povos e outros instrumentos de direitos humanos relevantes
  • Estabelecer as condições necessárias que permitam o continente desempenhar o papel que lhe compete na economia mundial e nas negociações internacionais
  • Promover o desenvolvimento sustentável a nível econômico, social e cultural, bem como a integração das economias africanas
  • Promover a cooperação em todos os campos da atividade humana para elevar os padrões de vida dos povos africanos
  • Coordenar e harmonizar as políticas entre as Comunidades Econômicas Regionais existentes e futuras para a gradual realização dos objetivos da União
  • Avançar o desenvolvimento do continente por promover pesquisa em todos os campos, no da ciência e tecnologia em particular
  • Trabalhar com parceiros internacionais relevantes na erradicação de doenças evitáveis ​​e a promoção da boa saúde no continente

4º ISSUP Workshop, Nairobi 2018

Nairobi, Quênia,

O 4º Workshop de ISSUP terá lugar em Nairobi, no Quênia de 10 – 14 de dezembro de 2018.

Este ano nós estão em parceria com a autoridade nacional para a campanha contra o álcool e abuso de drogas (NACADA) no Quênia e a União Africana fornecer acesso a formação, informação e pesquisa para os envolvidos no tratamento e prevenção do uso de substância campo.