Atividade de prevenção às drogas nas escolas

EAPREVE: Mais exemplos de atividades para prevenção às drogas nas escolas

Em minha postagem anterior, contei um pouco sobre o programa EAPREVE, que é um programa de prevenção ao uso de drogas presente na Escola de Aplicação da FEUSP (Butantã, São Paulo, SP) desde 2000.

Apresentei, brevemente, algumas atividades que realizamos com os alunos do 6º ano do Ensino Fundamental ao 3º ano do Ensino Médio. Tais atividades ocorrem dentro da grade horária dos alunos, em um momento denominado Espaço Projeto.

Roda de conversa, com diálogo franco e aberto com os alunos, em discussões sobre temas diversos
Roda de conversa, com diálogo franco e aberto com os alunos, em discussões sobre temas diversos

No 1º ano do Ensino Médio, fazemos a atividade “Obrigado por Fumar”. Assistimos trechos do filme “Obrigado por Fumar”, que traz um “lobista” da indústria tabagista, sempre atrás de uma vida financeira tranquila. Mas que ensina valores ao seu filho, os quais são amplamente discutidos em sala de aula.

Atividade “Obrigado por fumar” para discussões com alunos do 1º ano do Ensino Médio
Atividade “Obrigado por fumar” para discussões com alunos do 1º ano do Ensino Médio

 

Percebemos que, por vezes, “torcemos” pelo sucesso de tal personagem, mas avaliamos o quanto sua conduta é realmente discutível!... Boas reflexões surgem, a partir da indústria do tabaco e de todo o dinheiro envolvido...

Na atividade “O Jardineiro Fiel”, desenvolvida curricularmente em conjunto com a disciplina de Química, o EAPREVE atua junto ao 1º Ano do Ensino Médio, tendo como base trechos do filme “O Fiel Jardineiro”, o qual recomendamos também.

Atividade “O Fiel Jardineiro” para discussões com alunos do 1º ano do Ensino Médio, na disciplina de Química
Atividade “O Fiel Jardineiro” para discussões com alunos do 1º ano do Ensino Médio, na disciplina de Química

Junto ao 2º ano do Ensino Médio, desenvolvemos a atividade “Consumo de Drogas, Violência e Papel do Estado”, construída em parceria com a disciplina de Sociologia. Em tal atividade, o objetivo é a discussão de questões que envolvem o consumo de drogas, o tráfico e o papel do Estado. Os temas “violência” e “poder paralelo” são amplamente discutidos, a partir da seleção de trechos dos filmes “Tropa de Elite” e “Cidade de Deus”.

Atividade “Consumo de Drogas, Violência e Papel do Estado” para discussões com alunos do 2º ano do Ensino Médio, na disciplina de Sociologia         Atividade “Consumo de Drogas, Violência e Papel do Estado” para discussões com alunos do 2º ano do Ensino Médio, na disciplina de Sociologia

Atividade “Consumo de Drogas, Violência e Papel do Estado” para discussões com alunos do 2º ano do Ensino Médio, na disciplina de Sociologia

Fizemos, em anos anteriores, a atividade “Convite a uma grande festa”, que consiste em exibir um vídeo que mostra vários jovens se divertindo em grandes festas de música eletrônica. Durante o vídeo, os alunos e os professores distribuem-se em uma sala escurecida, com o som alto, sem carteiras ao redor. A festa acontece por cerca de 20 minutos, enquanto os professores distribuem balas de goma para os alunos. Ao final da festa, inicia-se uma discussão, a partir de perguntas:

- Do que você precisa para se divertir?

- O que é prazer? E o que te dá prazer?

- É necessário ter um estímulo para se divertir?

- Por que você aceitou as balas de goma? Por que vieram de uma pessoa conhecida? Confiável?

Esse debate contribui para que os jovens reflitam que uma festa pode ser aproveitada sem nenhum outro estímulo, para além da boa música, de bons amigos. O vídeo apresentado na atividade demonstra aparentemente vários jovens se divertindo sem fazer uso de nenhuma substância.

Esta atividade, contendo as questões acima e outras que podem ser criadas “no calor do momento”, ajudam a refletir sobre como podemos ser ludibriados por pessoas que conhecemos. Por vezes, algo que parece ser “normal” ou mesmo inofensivo pode ter algo que nos faça mal.

O EAPREVE preza pela formação e pelo diálogo com os alunos. Por isso, é notável, em todas as atividades, o incentivo ao debate. O programa acredita que o primeiro passo é ouvir os alunos, criando um ambiente favorável ao diálogo franco, sincero e aberto.

Rodas de conversa onde os alunos são estimulados ao diálogo franco, sincero e aberto
Rodas de conversa onde os alunos são estimulados ao diálogo franco, sincero e aberto

 

O EAPREVE conta com a parceria do Projeto Dr. Bartô. Recomendamos que conheçam o projeto e o material desenvolvido em https://www.drbarto.com.br.

Um abraço!

Ernani Nagy de Moraes – ernaninm [at] gmail [dot] comhttps://ernaninm.wixsite.com/aperfeicoamais

Licenciado em Matemática no IME-USP desde 1998. Mestre em Ensino de Matemática pela FEUSP desde 2006. Professor de Matemática na Escola de Aplicação desde 2000. Membro do Programa EAPREVE, de prevenção às drogas, na Escola de Aplicação, desde 2001.

 

 

Country
Brasil