Amigos envolvidos com drogas influenciam nossos filhos?

Você é “Maria vai com as outras”?

Minha avó dizia: “Quem se mistura com os porcos, farelo come”.

E temos a tradução de Salmos I que diz: “Me diga com quem andas e te direi quem és”.

Rodrigo Flaire e Claudemir dos Santos, neste vídeo, querem falar sobre isso!

Uma pesquisa científica, com metodologia sobre “A influência dos amigos no consumo de drogas entre adolescentes” foi desenvolvida por 2 pesquisadores da USP – Universidade de São Paulo e o artigo científico foi publicado em 2014 mostrando como quantificar essa influência.

Realmente, amigos envolvidos com drogas influenciam nossos filhos? Como entendemos essa relação dos amigos e a influência na criação do meu filho?

Neste estudo, os pesquisadores conseguir fazer alguns cálculos de probabilidade e conseguiram estabelecer quantas chances mais um adolescente tem de usar ou experimentar drogas quando ele tem amigos com algumas variáveis relacionadas às drogas:

Se um jovem tem um amigo que usa drogas regularmente, ele tem 3,4 vezes mais chance de usar apenas álcool, 4 vezes mais chance de usar apenas tabaco, 7 vezes mais chance de usar álcool e tabaco e 8,6 vezes mais chances de usar drogas ilegais.

Agora, se um jovem tem amigos que vendem ou dão drogas, ele tem 10 vezes mais chance de usar alguma droga ilegal.

Se um jovem tem amigos que levam álcool ou drogas para festas, ele tem 5 vezes mais chance (comparado com um jovem que não tenha amigos assim) de usar apenas álcool ou tabaco, 6,7 vezes mais chance de usar álcool e tabaco e 15 vezes mais chance de usar drogas ilegais.

E se ele tem amigos que roubam propriedades alheias, ele tem 8,6 mais chances de usar drogas ilegais e 4,3 vezes mais chance de usar apenas álcool ou apenas tabaco.

Este estudo tem outras variáveis bastante interessantes que fazem com que a gente perceba quanto que esses “amigos” podem influenciar nossos filhos, nossos alunos, as crianças e adolescentes que nós cuidamos.

E o que nós podemos fazer na prática?

Primeiro precisamos conhecer quem são esses amigos, suas famílias, seus valores. Trazer os amigos para perto de nós, observar. É muito importante sabermos o que está acontecendo.

Os amigos de nossos filhos influenciam bastante no pensamento e na opinião deles e isso pode provocar uma mudança não tão positiva, principalmente em relação às crenças e relações que eles têm em relação às drogas.

Então, se você quer seu filho longe das drogas, é importante você ser ativo nessa relação dele com os pares. Prevenir sempre!

Country
Brasil