Professores que fazem a diferença

Todo mundo se lembra de um professor que marcou a própria vida. O que o tornou inesquecível? Por que ele ficou gravado na memória?

Imagino que a maior recompensa que um professor pode receber é encontrar um ex-aluno depois de muitos anos e ouvir algo do tipo: “puxa, você fez a diferença na minha vida”. Afinal de contas, não é o objetivo do professor fazer a diferença para seus alunos? Os conteúdos dados, em sua maioria, serão esquecidos e talvez não reste mais nada com o passar dos anos, a não ser essa marca que o professor conseguiu deixar.

Perguntando a atuais docentes sobre os professores que marcaram suas vidas, todos tiveram alguma lembrança e alguma explicação sobre o porquê aquele professor específico se tornou inesquecível para eles. Eis algumas das respostas que encontrei e que me levaram a descobrir um fator comum a todos os professores que se tornam inesquecíveis:

Professores que fazem a diferença - Dia dos Professores

Esses professores não fizeram a diferença pela quantidade de conhecimento que tinham sobre suas matérias. Quem nunca teve péssimos professores que tinham uma carga enorme de conhecimentos técnicos? O nível de conhecimento específico não é o que torna um professor marcante.

Esses professores marcaram as vidas de seus alunos porque em algum momento e de alguma forma eles demonstraram, verdadeiramente, que se importavam com o aluno. E todos os entrevistados estiveram de acordo de que esse é o ponto em comum entre esses professores marcantes: demonstrar verdadeiramente que se importa.

James Comer diz: “nenhum aprendizado significativo acontece sem um relacionamento significativo”. Por exemplo, um professor de quem o aluno não gosta que diz a ele “não use drogas, pois você estará prejudicando seu futuro” é muito diferente de um professor que o aluno considera muito e que sente que se preocupa realmente com ele dizer “não use drogas, pois você estará prejudicando seu futuro”.

Talvez aqui esteja a verdadeira diferença entre o sucesso e o insucesso de um professor com suas ações de prevenção ao uso de drogas. Algo mais simples e mais profundo do que sua capacitação, conteúdos ou estratégias de prevenção: um relacionamento significativo.

Para fechar com chave de ouro, deixo aqui a mensagem transmitida por alguém com um testemunho encorajador. Um presente aos professores!

Fonte: Raphael Mestres

Country
Brasil