Cambio de comportamiento en personas fumadoras posimplementación de Legislación anti en Argentina

Abstrata

[RESUMEN]. Objetivo. Identificar factores Asociados Al cambio de comportamiento en personas fumadoras mayores de 18 años luego de la Implementación de políticas Provinciales 100% Libre de humo en Argentina. Métodos. Se realizó un estudio analítico de corte transversal. Se utilizó la técnica de modelos multiniveles trabajando con datos de distintas jerarquías. Se utilizaron Fuentes de datos secundarios: Encuesta nacional de factores de Riesgo 2005, 2009 y 2013. Resultados. En el análisis individual de las variáveis explicativas, se obtuvo que los pobladores de las Provincias que não Tienen Legislación tuvieron un 40% más de probabilidad de no pensar en dejar de fumar que las personas que viven en provincias con Legislación. En las Provincias Sin Legislación, El sexo masculino y la edad Mayor de 65 años son las características que Papa las chances de las personas a no pensar en dejar de fumar, en comparación con las Provincias que tiene Legislación. Conclusiones. Los resultados sugieren que una Legislación basada en el artículo 8 del convenio Marco resultaría asmath para estimular la cesación tabáquica en Argentina.

[ABSTRACT]. Objetivo. Identificar fatores relacionados às mudanças comportamentais em fumantes com mais de 18 anos de idade após a implementação de políticas provinciais para 100% de espaços livres de fumo na Argentina. Métodos. Realizou-se um estudo transversal analítico. A técnica multinível foi utilizada com dados de diferentes hierarquias. Foram utilizadas fontes de dados secundárias: inquéritos de fatores de risco nacionais 2005, 2009 e 2013. Resultados. A análise individual das variáveis explicativas revelou que moradores de províncias que não têm legislação sem fumo foram 40% menos propensos a considerar parar de fumar do que as pessoas que vivem em províncias com tal legislação. Em províncias sem espaços livres de fumo, os machos com mais de 65 anos de idade são ainda menos propensos a pensar em parar de fumar. Conclusões. Os resultados sugerem que a legislação baseada no artigo 8º da Convenção-quadro seria efetiva na promoção da cessação do tabaco na Argentina.

[RESUMO]. Objetivo. Identificar os fatores associados à mudança de comportamento nos fumantes maiores de 18 anos-após a implementação de políticas provinciais de proibição do fumo na Argentina. Métodos. Foi realizado um estudo analítico de corte transversal. Foi usada uma técnica de modelos multiníveis com dados de diferentes hierarquias. As fontes de dados medicamentos consultadas foram as iterações de 2005, 2009 e 2013 da pesquisa nacional de fatores de risco. Resultados. Na análise individual das variáveis explicativas, verificou-se que os habitantes das províncias sem legislação antifumo tinham uma probabilidade 40% maior de não considerar parar de fumar quando comparados aos moradores das províncias com legislação antifumo. Em comparação às províncias com legislação antifumo, nas províncias sem esta legislação, ser do sexo masculino e ter idade acima de 65 anos foram como características associadas a uma maior chance de não considerar parar de fumar. Conclusões. Os resultados do estudo que que uma legislação em conformidade com o article 8 da Convenção-quadro para o controle do tabaco da OMS seria efetiva para incentivar as pessoas a pararem de fumar na Argentina.

Citation
Barrenechea GG, Furtado Passos da Silva CM, Carvalho Figueiredo V. Cambio de comportamiento en personas fumadoras posimplementación de legislación antitabaco en Argentina. Rev Panam Salud Publica. 2019;43:e5. https://doi.org/10.26633/RPSP.2019.5
Publication Date
Research Language

espanhol

Country
Argentina
Themes