Conhecimento do HIV e comportamentos de risco entre usuários de drogas em três províncias montanhosas vietnamitas

Abstrata

Fundo

Globalmente, as pessoas que injetam drogas são altamente vulneráveis à transmissão do HIV. Os programas de tratamento de manutenção de metadona (MMT) são um dos mecanismos mais rentáveis para substituir o uso de opióides e melhorar a qualidade de vida dos pacientes. Uma vez que a cobertura do MMT ainda é limitada e mesmo para aqueles pacientes que são tratados, melhorar seus conhecimentos sobre o HIV e manter comportamentos saudáveis são fundamentais para maximizar os resultados dos programas de redução de danos ao HIV. Este estudo analisou o conhecimento sobre o HIV, o risco percebido e o teste de HIV entre usuários de drogas que acessam serviços de manutenção de metadona em três áreas montanhosas vietnamitas.

Métodos

Realizou-se um estudo transversal de 300 pessoas que se alistam para serviços de MMT em três províncias do Vietnã. Os fatores associados ao conhecimento, atitudes e práticas dos entrevistados sobre HIV/AIDS foram explorados por meio de modelo logístico multivariável.

Resultados

Dos 300-pessoas pesquisadas, 99% sabiam do HIV e 60,6% foram identificados como tendo bons conhecimentos. Enquanto 75,2% identificaram que a injeção de drogas era um fator de risco para o HIV, 52,2% achavam que não estavam em risco de HIV principalmente por não compartilharem agulhas. 92,6% tinham sido submetidos a testes de HIV com 17,4% sendo positivo, um número que foi significativamente menor do que a média nacional do Vietnã para as pessoas que injetam drogas. A idade, a etnia e a escolaridade foram associadas ao conhecimento do HIV, enquanto o tratamento ART estava vinculado ao estado de HIV autoavaliado.

Conclusões

Este estudo lança uma nova luz sobre as atitudes e práticas de conhecimento de pessoas que injetam drogas, particularmente machos em áreas montanhosas do Vietnã sobre a prevenção do HIV. Globalmente, o conhecimento era bom com a maioria conduzindo práticas seguras para a transmissão. A educação reforçada e a segmentação de grupos minoritários poderiam ajudar a aumentar os números que receberam serviços MMT e HIV.

Citation
Nguyen et al. Substance Abuse Treatment, Prevention, and Policy (2019) 14:3 https://doi.org/10.1186/s13011-019-0191-8
Publication Date
Research Language

inglês

Country
Vietnã
Themes

Attachments