Psiquiatria

Maconha é mais prejudicial para o cérebro do que álcool, diz novo estudo

A maconha traz mais prejuízos para o cérebro dos adolescentes do que o álcool, confirmou um novo estudo. O cérebro dos adolescentes é muito vulnerável e, ao contrário do álcool, o consumo regular de maconha pode causar repercussões duradouras sobre sua capacidade de pensar, sua memória, controle da situação e raciocínio. “Aumentos adicionais no uso da cannabis, mas não no consumo de álcool, mostraram efeitos adicionais simultâneos e retardados nas funções cognitivas, como raciocínio perceptivo